Família, meu porto seguro

Se eu ficar bem quietinha e fechar meus olhos eu sou capaz de viver um outro tempo... distante mas feito da realidade de minhas lembranças...

Abro a porta com o rosto congelado da rua e o calor do fogo logo se faz sentir e me recebe como quem acaricia e protege... ouço as vozes deles... meu pai, minha mãe , minha nonna e meu irmão, e até o do papagaio reclamando aos berros que nesta manhã gelada ele não foi retirado da gaiola onde dorme... paro um instante e processo tudo o que ouço... talvez porque eu sabia , que um dia, quando a tristeza e a saudade doessem dentro de mim , eu teria essas lembranças pra me consolar... Mas sigo meus passos... pego o chimarrão de todos os dias.
O primeiro gole desce gelado, sento em frente ao fogo olhando aquelas chamas...e nessa hora a consciência da finitude é Ainda maior... as chamas não se repetem porque cada uma é única naquele pedacinho de segundo.... nunca mais, nenhuma delas se repetirá ...
E eu , se eu não ficar bem quietinha, e fechar meus olhos nunca mais ouvirei a voz deles...

 

Tags: Joomla, Wordpress